Chamado por alguns como Chá Mix, o chá que mistura as fraldas com as panelas é uma opção para as meninas que estão grávidas e decidiram se casar antes da chegada do bebê. Por questão de economia, a futura mamãe e noiva faz uma única celebração com uma decoração duplamente delicada, com laços e balões, e pede presentinhos para ambos eventos.

A vantagem de tal festinha combinada, além da economia citada acima, é a praticidade. Convenhamos, gravidez não é doença, mas cansa a mamãe. Chega um momento em que a barriga já está muito grande e, para quem veio de umasucessão de celebrações como as do casamento, elaborar mais uma festinha pode ser muito cansativo.

Caso você vá se casar no comecinho da gestação, aí sim é dispensável combinar as festinhas. Você pode deixar para celebrar o chá do pimpolho mais para o sétimo ou oitavo mês. Se decidir ter uma festinha combinada, como fazer? Primeiro, escolha uma decoração neutra. Não precisa estar repleta de bichinhos e temas infantis. Escolher cores pastel, bem suaves, já remete a ambas celebrações.

Na listinha de presentes, você inclui os tradicionais pacotes de fraldas, lenços umedecidos, chupetas e também coisas para cozinha que incluam o bebê, como esterilizados de mamadeiras, pratinhos e talheres para bebês, potes herméticos para papinhas e por aí vai. Os comes e bebes são os mesmos sempre: salgadinhos assados, miniaturas de cachorro quente, carne louca, docinhos e bolo.

Mas, tente não deixar de lado o chá de bebê por algum tipo de vergonha por casar grávida ou, ainda, pensando que os convidados já terão muitos gastos. As pessoas que te amam querem ajudar, certeza que arrumarão uma forma de contribuir para a chegada do bebezinho e, ao mesmo tempo, para dar um toque na casa nova.

 Por Tina Lombardi

Deixe um comentário